Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Mais sobre mim

foto do autor


Calendário

Dezembro 2012

D S T Q Q S S
1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031

subscrever feeds


Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2012
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2011
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2010
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2009
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2008
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D


Master Shot - Os Melhores Trailers de 2012

por Catarina d´Oliveira, em 14.12.12

Uma forma simples de definir um trailer é pensá-lo como uma publicidade feita a um filme que pretende gerar agitação e atrair as audiências a querer vê-lo. O seu objectivo? Como li por aí: sentar rabos nas cadeiras de cinema. Simples. Talvez até mais do que o poster, o trailer é uma ferramenta determinante da maquinaria de marketing por detrás de um filme, e é muitas vezes um poderoso fator de decisão na altura de optar por um, ou outro título.

 

Um bom trailer pode construir o sucesso de um filme, um mau trailer pode retirar a primeira pedra no seu desmoronamento. Mas tal como nos posters, nem sempre um anúncio bom se traduz num produto bom, por isso recordo-vos uma vez mais que esta lista é feita apenas com base na qualidade única do elemento de marketing, e não daquilo que promove.

 

Mas sem mais grandes conversas, apresento-vos então aquela que é a minha seleção dos melhores trailers de 2012 (é provável que me tenha esquecido de algum, mas qualquer coisa avisem!). 

 



"Florbela"
Nada melhor do que abrir a nossa lista na língua de Camões ou, deveremos neste caso dizer, de Florbela. O trailer da segunda longa-metragem de de Vicente Alves do Ó carrega toda a dor e poesia da protagonista com diálogos cuidados, escolha músical irrepreensível e uma fotografia lindíssima. Por aqui se vê, pelo menos no que aos trailer respeita: o que é nacional, é bom.


"The Great Gatsby"


O filme ainda não saiu mas já deve para lá da sua conta de polémicas, sendo a principal que algumas vozes se levantaram para dizer que o filme estava um caos, a juntar-se à estranheza da premissa de um filme de época em 3D. Pelo trailer polarizador (neste top já se percebe em que pólo me situo), todas as apreensões são esquecidas e as más suposições não podiam ser mais incobertas: Baz Luhrmann liga as turbinas do cool e épico ao máximo em dois minutos mudos que parecem vir de um mundo diferente; mas com a faixa sonora anacrónica vamos diretos para um universo paralelo.

 

 

 

 

"Moonrise Kingdom"

 

Todas as características que tornam Wes Anderson em... Wes Anderson estão neste trailer - deste o estilo de filmagem à música, está tudo no sitio para apresentar dois minutos dos mais puros e encantadores do ano. Uma miniatura do próprio filme, na verdade.

 

 

 

 

"Prometheus"


O filme pode ter deixado meio mundo de fãs da saga "Alien" desiludido, mas não creio que pela altura que o segundo trailer de "Prometheus" se tornou público, alguma dessas almas conseguiu não ficar entusiasmada. Se o que foi prometido no trailer foi fiel ao que tivemos em filme, isso é conversa para outros tempos, mas que nos ofereceram dois minutos e meio de ficção científica, "Alien" e adrenalina pura disso não há sombra para dúvidas.





"The Impossible"

 

Às vezes temos aquela sensação de que existem trailers feitos especificamente para nos fazer chorar, e o de "The Impossible" parece ser um titânico integrante dessa categoria. Separações, reencontros, sofrimento, entreajuda, close-ups lamacentos, coragem... e como se tudo isto não fosse afetante o suficiente, eis que por volta dos 50 segundos começamos a ouvir os acordes de uma cover de "One Love" dos U2, interpretada por Damien Rice. Vai um kleenex?

 


 

 

"Django Unchained"


Um pouco como aconteceu em "Moonrise Kingdom", o trailer de "Django Unchained" é a personificação perfeita da sua mente criadora. E quando essa mente criadora é Quentin Tarantino, a escolha passa de fácil para meramente óbvia.


 

 

 

"The Master"


Tantas perguntas são levantadas neste maravilhoso primeiro trailer do novo filme do mago contemporâneo, Paul Thomas Anderson. Mas a maior delas é, inequivocamente: "quando é que posso ver isto????". (apenas uma nota: eu já vi eheh)


 

 

 

"Tabu"

 

Um dos filmes mais peculiares do ano e o definitivo estandarte português além-fronteiras. O trailer replica, em ponto pequeno mas de forma fiel, a aura e mística do filme de Miguel Gomes que não pode nem deve ser perdido.

 

 

 

 

"Beasts of the Southern Wild"


"In a million years, when kids go to school, they're gonna know, once there was a Hushpuppy and she lived with her daddy in the Bathtub", narra a petiz Quvenzhane Wallis. E com meros dois minutos de antena, Hushpuppy torna-nos sedentos da sua história.


 

 

 

"Life of Pi"


As primeiras imagens que vi de "Life of Pi" foram as de um teaser que passou num Cinema, antes de um filme qualquer que me preparava para ver. O teaser encapsulava uma única cena, que colocava o protagonista sozinho num imenso oceano a combater uma espécie de praga de peixes voadores. Foi estranho. Estranho o suficiente para me deixar... curiosa. O que faltava para me deixar salivante e maravilhada surgiu com o primeiro trailer oficial. É a típica sobreposição de imagens e música inspiradora à qual feliz ou infelizmente não consigo resistir.

 

 

 

  

"The Dark Knight Rises"


Uma escolha óbvia e, ainda assim, inescapável. Os trailers da saga Batman de Christopher Nolan nasceram para integrar estas listas - quem os monta merecia um Oscar próprio. A ter de escolher um, aponto o primeiro de todos, que com o arrepiante entoar do hino americano apresenta a maior ameaça cinematográfica do ano para o Cavaleiro das Trevas.


 

 

 

"Les Misérables"


Foi um ano em grande para Anne Hathaway, com uma interpretação extremamente louvada em "The Dark Knight Rises" (com toda a razão e a despedaçar todas as minhas apreensões!), avança para o final do ano com a promessa do Oscar e outras honras pela sua emotiva participação em "Les Misérables". Um atestado completo da maravilha dessa interpretação parece ser o primeiro teaser lançado, onde cenas do filme se sucedem ao som da despedaçante rendição de Hathaway de 'I Dreamed a Dream'. E porque não me pareceu haver melhor forma de fechar a lista...

 

 

*** *** **

 

EXTRA

Ahá!! Afinal ainda não acabou! Mas não vos vou demorar muito... só não podia deixar de fora desta lista aquele que além de ser literalmente "o trailer dos trailers", é lindíssimo e dá vontade de fazer amor com o Cinema. A sério.

Autoria e outros dados (tags, etc)


Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.




Mais sobre mim

foto do autor


Calendário

Dezembro 2012

D S T Q Q S S
1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031

subscrever feeds


Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2012
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2011
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2010
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2009
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2008
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D