Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Mais sobre mim

foto do autor



Calendário

Janeiro 2012

D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031

Action Props Jogos
Awards Season Época de Prémios
Deep Focus Artigos
Flashback Regresso ao Passado
Flashforward Notícias e Projectos
Freeze Frame Shot Imagens
Master Shot Listas e Tops
Mise en Scène Trailers e Posters
New Shots Estreias
Outtake Fora da Sétima Arte
Point-of-View Shot Críticas
Pull Back Shot Um olhar sobre o passado das Estrelas
Smash Cut Citações
Snorricam Extras
Widescreen Cenas Icónicas

. Blog Oficial


Membro do Círculo de Críticos Online Portugueses

. Blog Oficial



subscrever feeds


Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2012
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2011
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2010
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2009
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2008
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D


Oscars 2012 - "We showed you..."

por Catarina d´Oliveira, em 31.01.12

Há poucos dias a Academia de Cinema Norte-Americana lançou uma galeria de imagens de promoção à 84ª edição dos Oscars que leva o cinéfilo que há em casa um de nós numa viagem ao passado.

 

Apesar destas constantes fixações no que já foi em vez de no que vai ser, até achei esta galeria bem porreira, combinando uma série de "ensinamentos" que a sétima arte já partilhou connosco ao longo de mais de 100 anos de existência. Desde Star Wars, a Gone with the Wind, passando por Forrest Gump e Apollo 13, há de tudo um pouco, e a verdade é que foram lições aprendidas que nunca esquecemos.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Oito é o número mágico dos prémios da Sociedade Portuguesa de Autores (SPA). Oito são as áreas com diferentes categorias que pretendem distinguir as produções e artistas portugueses que mais se destacaram no ano transacto.

 

 

Em Cinema, Sangue do Meu Sangue lidera o lote de nomeados com cinco indicações, seguido de O Barão e E o Tempo Passa com duas cada. A lista de nomeados da categoria segue à frente:

Melhor Argumento:
Luísa Costa Gomes e Edgar Pêra por “O Barão”
Alberto Seixas Santos e Catarina Ruivo por “E o Tempo Passa”
João Canijo por “Sangue do Meu Sangue”

Melhor Filme:
“Sangue do Meu Sangue” de João Canijo
“E o Tempo Passa” de Alberto Seixas Santos
“48” de Susana de Sousa Dias

Melhor Actriz:
Beatriz Batarda em “Cisne”
Rita Blanco em “Sangue do Meu Sangue”
Anabela Moreira em “Sangue do Meu Sangue”

Melhor Actor:
Nuno Lopes em “Sangue do Meu Sangue”
Nuno Melo em “O Barão”
Raul Solnado em “América” (indicação póstuma)

 

 

Na ressaca dos Oscars (que terão lugar dia 26 de Fevereiro), a noite de 27 de Fevereiro trará a edição de 2012 da cerimónia lusa que se realizará no Centro Cultural de Belém, e onde desde o Cinema à Dança, serão conhecidos os merecidos vencedores.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Awards Season - SAG Awards: os Vencedores

por Catarina d´Oliveira, em 30.01.12

Foram ontem anunciados os vencedores dos Screen Actors Guild Awards, que apesar de não representarem propriamente surpresas, podem vir a significar alterações de favoritos, agora que nos aproximamos cada vez mais do final da awards season.

 

O grande vencedor foi The Help, que em cinco categorias levou para casa três prémios, incluíndo a surpresa da noite - a vitória de Viola Davis sobre Meryl Streep. Por outro lado, Jean Dujardin também parece partir em vantagem relativamente a George Clooney, tendo sido o carismático francês a levar o prémio para casa.

 

A lista completa de vencedores segue abaixo.

 

 

 

MELHOR ACTRIZ

Viola Davis, The Help
MELHOR ACTOR
Jean Dujardin, The Artist
MELHOR ACTOR SECUNDÁRIO
Christopher Plummer, Beginners
MELHOR ACTRIZ SECUNDÁRIA
Octavia Spencer, The Help
MELHOR ELENCO
The Help
MELHOR DESEMPENHO DE DUPLOS
Harry Potter and the Deathly Hallows

Autoria e outros dados (tags, etc)

Awards Season - SAG Awards Livestream

por Catarina d´Oliveira, em 29.01.12

Autoria e outros dados (tags, etc)

Awards Season - The Artist arrebata prémio do DGA

por Catarina d´Oliveira, em 29.01.12

Surpresa das surpresas, The Artist venceu o prémio da noite.

 

...

 

Agora a sério, quem é que não esperava esta? É apenas mais uma confirmação da confirmação da confirmação da confirmação que The Artist é o filme de ouro do ano.

 

 

 

Melhor Realizador
Michel Hazanavicius, The Artist


Melhor Realizador num Documentário
James Marsh, Project Nim

Autoria e outros dados (tags, etc)

As personagens Disney, especialmente os glamorosos príncipes e princesas já foram alvo das mais variadas adaptações, desde caricaturas a re-imaginações reais, passando por algumas recriações realmente pouco... respeitosas.

 

Bom o que vos trago hoje não é um destes casos: hoje trago-vos capas de revista, tão simples como isso.  Desta feita, alguma(s) alminha(s) teve a paciência de juntar uma molhada destes personagens e escarrapachá-los em revistas que todos conhecemos ( eu talvez não conheça uma ou duas, mas eu vivo debaixo de uma pedra), e ainda por cima acompanhadas de títulos, bom, sugestivos... Ele há com cada coisa...

 

 

 

 

 

E é claro, os príncipes também tiveram direito aos seus minutinhos de fama impressa.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

New Shots - 30 de Janeiro a 5 de Fevereiro de 2012

por Catarina d´Oliveira, em 29.01.12

 

Esta semana nos cinemas:

  • The Artist                    Nota IMDB 8.4/10
  • The Muppets                    Nota IMDB 8.0/10
  • Young Adult                    Nota IMDB 7.2/10
  • Big Miracle                    Nota IMDB 5.2/10
  • Chronicle                   Nota IMDB 7.5/10

Autoria e outros dados (tags, etc)

Point-of-View Shot - The Artist (2011)

por Catarina d´Oliveira, em 28.01.12

 

"I'm not a puppet, I'm an artist"

 

Uma ave rara, extinta quase poderíamos dizer, chegou às salas de cinema no final de 2011. Mesmo sem chilrear, esta espécie, de plumagem preta e branca, esconde enormes asas de aspecto quase pré-histórico - um pouco assustadoras, devemos dizer. Mas quebrando com tudo aquilo que de mal podíamos agoirar a seu respeito, pairou glamorosa e graciosamente sobre as nossas cabeças, fazendo-nos sonhar com aquilo que um dia foi e hoje, infelizmente, cada vez menos é.

Essa ave exótica dá pelo nome de The Artist.

George Valentin é um galã do cinema mudo – uma estrela no auge de carreira que deixa suspiros quando passa pela rua como quem deixa pegadas quando se passeia pela praia. Um dia o futuro bate à porta, e como a sombra que se esfuma com o raiar do Sol, o Cinema passa a ser ouvido e Valentin vê-se subitamente numa estrada de sentido único; ou fala ou é esquecido.

 

 

O que se passa em The Artist é, na verdade e como puderam ver, muito simples. O que aqui temos é um melodrama de backstage, a história da estrela caída que dá lugar a uma proto-estrela, com perspectivas de se tornar a mais brilhante da galáxia.

Este pequeno grande filme francês é, em certa medida, um pastiche; a boa notícia é que não o é de forma cínica. Combina um charme único com o melhor que o Cinema sempre tentou oferecer-nos: o poder da emoção. Doce, divertido e tocante, acena respeitosamente a mais clássicos do que aqueles que podemos contar pelos dedos das mãos e dos pés [as mais flagrantes: Singin' in the Rain (1958) e A Star is Born (1937)] e o coração que bombeia cada mililitro de arte tem tanta paixão como tiveram Chaplin, ou Keaton, ou Lloyd. É prazer cinematográfico na forma mais pura, mas se as referências são claras, é igualmente verdade que se trata de um dos filmes mais frescos e corajosos do ano, talvez mesmo, do jovem século.

 

 

Reduzir The Artist a um exercício nostálgico é simplesmente pecaminoso, uma vez que estaríamos a obliterar uma das suas maiores vitórias: o triunfo num mundo altamente pixelizado e regido pelos decibéis de uma explosão ensaiada num set. Norma Desmond, a diva de Sunset Boulevard (1950), dizia que os filmes se tinham tornado pequenos demais para si; e parece uma ironia que tantos deles se tenham de facto tornado mais pequenos no processo de se tornarem maiores.

Mas verdade seja dita, The Artist nunca poderá ser confundido com qualquer um título dos anos 20, seja pela imagem demasiado límpida ou pelos ângulos de câmera manifestamente modernos que utiliza. No entanto, não me quer parecer que o que Hazanavicius desejava era proporcionar uma simples viagem ao baú das películas. O que almejou foi algo muito maior: que uma audiência desabituada ao que uma vez foi o seu pão de cada dia, volte a olhar (com olhos de ver) para os primórdios desta Arte, deixando-se abstrair das limitações que há 90 anos pareciam apenas um ponto no futuro distante.

 

O Cinema mudo conta histórias com o artifício único da visão, e Hazanavicius teve ainda a sorte de encontrar dois actores que compreendem isso de forma natural. Bérénice Bejo é pura alegria com momentos de sobriedade, arranjando ainda espaço para, numa ocasião inventiva, nos oferecer um exercício de pantomima esplendoroso e tocante. E Jean Dujardin… bom, é o charme empessoado numa figura de bigode desenhado a lápis de carvão. Um actor físico notável, mas também um excelente espécime dramático.

O seu George Valentin é, como a nossa querida Norma Desmond, uma vítima da mudança. "We didn't need dialogue. We had faces", dizia ela com mágoa. Mas George é ainda mais revolto a esta mudança de paradigma: “I won’t talk!” diz um dos seus personagens; e esta é uma ressonância que vamos reencontrando ao logo de todo o filme.

 

Se tiver mesmo de me queixar, a querela dirige-se inveriavelmente ao último terço da narrativa que se sente um pouco arrastado – a queda dramática de Valentin é demasiado friccionada. O filme não é propriamente longo - nem chega a ter 100 minutos - mas o ritmo, especialmente nos momentos menos... exuberantes, digamos, é perigosamente lento. Ainda assim, e no final, o saldo é milionário.

Parece-me que o destino reserva muitos Oscars para The Artist, e ao mesmo tempo que este é talvez o título mais trivial do ano, é também um dos mais singulares e especiais, sendo simplesmente impossível negar aquilo que acaba por despertar em nós.

 

The Artist é uma lição de renovação não só literalmente, através do arco do protagonista, mas também num plano latente, onde restaura a crença de que uma história simples, bem contada e sem artifícios robóticos pode de facto existir no século XXI.

 

 
A certa altura, Peppy afirma gloriosamente numa entrevista “Make way for the young!”.

E porque às vezes, ao celebrar o velho, sentimo-nos revigoradamente novos, e Michel Hazanavicius escreve o mais belo poema de S. Valentim ao Cinema clássico, que não sendo perfeito, chega para fazer qualquer amante desta sétima Arte sair da sala com um enorme sorriso na cara, reescrevo-o eu: “Make way for the old !”.

 

9/10

Autoria e outros dados (tags, etc)

Muito bom!

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Awards Season - Nomeados para os prémios César

por Catarina d´Oliveira, em 27.01.12

Foi revelada a lista completa de nomeados para os prémios César, atribuídos pela Academia de Cinema Francesa - são portanto, os "Oscars Franceses". Poliss lidera o grupo de nomeados com 13 indicações, sendo seguido por The Minister com 11, The Artist com 10, Untouchable com nove e House of Tolerance com oito.

 

 

 

Os vencedores da 37ª Edição serão conhecidos na cerimónia apresentada por Guillaume Canet e levada a cabo no Teatro de Châtelet  em Paris, no dia 24 de Fevereiro

 

MELHOR FILME
  • La guerre est déclarée produced by Edouard Weil, directed by Valérie Donzelli
  • Le Havre produced by Fabienne Vonier, directed by Aki Kaurismäki
  • The Artist produced by Thomas Langmann, directed by Michel Hazanavicius
  • Intouchables produced by Denis Freyd, directed by Pierre Schoeller
  • L'exercice de l'État produced by Nicolas Duval Adassovsky, Yann Zenou, Laurent Zeitoun, directed by Eric Toledano, Olivier Nakache
  • Pater produced by Michel Seydoux, directed by Alain Cavalier
  • Polisse produced by Alain Attal, directed by Maïwenn
MELHOR ESTREIA
  • My Little Princess directed by Eva Ionesco
  • Le cochon de Gaza directed by Sylvain Estibal
  • 17 filles directed by Delphine Coulin, Muriel Coulin
  • Angèle et Tony directed by Alix Delaporte
  • La Délicatesse directed by David Foenkinos, Stéphane Foenkinos
MELHOR REALIZADOR
  • Alain Cavalier for Pater
  • Valerie Donzelli for La guerre est déclarée
  • Michel Hazanavicius for The Artist
  • Aki Kaurismäki for Le Havre
  • Maïwenn for Polisse
  • Pierre Scholler for L'exercice de l'État
  • Eric Toledano and Olivier Nakache for Intouchables
MELHOR ACTOR
  • Sami Bouajila in Omar m'a tuer
  • François Cluzet in Intouchables
  • Jean Dujardin in The Artist
  • Olivier Gourmet in L'exercice de l'État
  • Denis Podalydes in La conquête
  • Omar Sy in Intouchables
  • Philippe Torreton in Présumé coupable
MELHOR ACTOR SECUNDÁRIO
  • Michel Blanc in L'exercice de l'État
  • Nicolas Duvauchelle in Polisse
  • Joey Starr in Polisse
  • Bernard Lecoq in La conquête
  • Frédéric Pierrot in Polisse
MELHOR PROMESSA (ACTOR)
  • Nicolas Bridet in Tu seras mon fils
  • Grégory Gadebois in Angèle et Tony
  • Guillaume Bouix in Jimmy Rivière
  • Pierre Minet in J'aime regarder les filles
  • Dimitri Storoge in Les Lyonnais
MELHOR ACTRIZ
  • Ariane Asquaride in Les neiges du Kilimanjaro
  • Bérénice Béjo in The Artist
  • Leila Bekhti in La Source des femmes
  • Valérie Donzelli in La guerre est déclarée
  • Marina Foïs in Polisse
  • Marie Gilain in Toutes nos envies
  • Karin Viard in Polisse
MELHOR ACTRIZ SECUNDÁRIA
  • Zabou Breitman in L'exercice de l'État
  • Anne Le Ny in Intouchables
  • Noémie Lvovsky in L'Apollonide, souvenirs de la maison close
  • Carmen Maura in Les femmes du 6e étage
  • Karole Rocher in Polisse
MELHOR PROMESSA (ACTRIZ)
  • Neyda Yadri in Polisse
  • Adele Haenel in L'Apollonide, souvenirs de la maison close
  • Celine Salette in L'Apollonide, souvenirs de la maison close
  • Clotilde Hesme in Angèle et Tony
  • Christa Theret in La brindille
MELHOR FILME ESTRANGEIRO
  • Drive directed by Nicolas Winding Refn
  • Black Swan directed by Darren Aronofsky
  • Incendies directed by Denis Villeneuve
  • Melancholia directed by Lars von Trier
  • A Separation directed by Asghar Farhadi
  • The King's Speech directed by Tom Hooper
  • Le gamin au vélo directed by Jean-Pierre Dardenne, Luc Dardenne
MELHOR ARGUMENTO
  • Michel Hazanavicius for The Artist
  • Valérie Donzelli, Jérémie Elkaïm for La guerre est déclarée
  • Eric Toledano, Olivier Nakache for Intouchables
  • Maïwenn, Emmanuelle Bercot for Polisse
  • Pierre Schoeller for L'exercice de l'État
MELHOR ADAPTAÇÃO
  • David Foenkinos for La délicatesse
  • Vincent Garenq for Présumé coupable
  • Olivier Gorce, Roschdy Zem, Rachid BoucharebOlivier Lorelle for Omar m'a tuer
  • Mathieu Kassovitz, Pierre Geller, Benoît Jaubert for L'ordre et la morale
  • Yamina Reza, Roman Polanski for Carnage
MELHOR FOTOGRAFIA
  • Pierre Aïm for Polisse
  • Josée Deshaies for L'Apollonide, souvenirs de la maison close
  • Julien Hirsch for L'exercice de l'État
  • Guillaume Schiffman for The Artist
  • Mathieu Vadepied for Intouchables
MELHOR MONTAGEM
  • Anne-Sophie Bion, Michel Hazanavicius for The Artist
  • Laurence Briaud for L'exercice de l'État
  • Pauline Gaillard for La guerre est déclarée
  • Laure Gardette, Yann Dedet for Polisse
  • Dorian Rigal Ansous for Intouchables
MELHOR DESIGN DE PRODUÇÃO
  • Laurence Bennett for The Artist
  • Alain Guffroy for L'Appolonide, souvenirs de la maison close
  • Pierre-François Limbosch for Les femmes du 6ème
  • Jean Marc Tran Tan Ba for L'exercice de l'État
  • Wouter Zoon for Le Havre
MELHOR GUARDA-ROUPA
  • Catherine Baba for My Little Princess
  • Mark Bridges for The Artist
  • Christian Gasc for Les femmes du 6ème
  • Viorica Petrovici for La source des femmes
  • Anaïs Romand for L'Appolonide, souvenirs de la maison close
MELHOR BANDA SONORA
  • Alex Beaupain for Les bien-aimés
  • Bertand Bonello for L'Appolonide, souvenirs de la maison close
  • -M-, Patrice Renson for Monstre à Paris
  • Ludovic Bource for The Artist
  • Philippe Schoeller for L'exercice de l'État
MELHOR SOM
  • Pascal Armant, Jean Goudier, Jean-Paul Hurier for Intouchables
  • Jean-Pierre Duret, Nicolas Moreau, Jean-Pierre Laforce for L'Apollonide, souvenirs de la maison close
  • Olivier Hespel, Julie Brenta, Jean-Pierre Laforce for L'exercice de l'État
  • Nicolas Provost, Rym Debbarh-Mounir, Emmanuel Croset for Polisse
  • André Rigaut, Sébastien Savine, Laurent Gabiot for La guerre est déclarée
MELHOR DOCUMENTÁRIO
  • Le Bal des menteurs directed by Daniel Leconte
  • Crazy Horse directed by Frederick Wiseman
  • Ici on noie les algériens directed by Yasmina Adi
  • Tous au Larzac directed by Michael Radford
  • Michel Petrucciani directed by Christian Rouaud
MELHOR CURTA-METRAGEM
  • L'accordeur directed by Olivier Treiner
  • La France qui se lève tôt directed by Hugo Chesnard
  • J'aurais pu être une pute directed by Baya Kasmi
  • Je pourrais être votre grand-mère directed by Bernard Tanguy
  • Un monde sans femmes directed by Guillaume Brac
MELHOR FILME DE ANIMAÇÃO
  • Le Tableau directed by Jean-François Laguionie
  • Le Cirque directed by Nicolas Brault
  • Le Chat du rabbin directed by Joann Sfar, Antoine Delesvaux
  • Un monstre à Paris directed by Bibo Bergeron
  • La Queue de la souris directed by Benjamin Renner
CÉSAR HONORÁRIO
  • Kate Winslet




Autoria e outros dados (tags, etc)

Pág. 1/5




Mais sobre mim

foto do autor



Calendário

Janeiro 2012

D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031

Action Props Jogos
Awards Season Época de Prémios
Deep Focus Artigos
Flashback Regresso ao Passado
Flashforward Notícias e Projectos
Freeze Frame Shot Imagens
Master Shot Listas e Tops
Mise en Scène Trailers e Posters
New Shots Estreias
Outtake Fora da Sétima Arte
Point-of-View Shot Críticas
Pull Back Shot Um olhar sobre o passado das Estrelas
Smash Cut Citações
Snorricam Extras
Widescreen Cenas Icónicas

. Blog Oficial


Membro do Círculo de Críticos Online Portugueses

. Blog Oficial



subscrever feeds


Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2012
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2011
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2010
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2009
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2008
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D