Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Mais sobre mim

foto do autor



Calendário

Maio 2009

D S T Q Q S S
12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31

Action Props Jogos
Awards Season Época de Prémios
Deep Focus Artigos
Flashback Regresso ao Passado
Flashforward Notícias e Projectos
Freeze Frame Shot Imagens
Master Shot Listas e Tops
Mise en Scène Trailers e Posters
New Shots Estreias
Outtake Fora da Sétima Arte
Point-of-View Shot Críticas
Pull Back Shot Um olhar sobre o passado das Estrelas
Smash Cut Citações
Snorricam Extras
Widescreen Cenas Icónicas

. Blog Oficial


Membro do Círculo de Críticos Online Portugueses

. Blog Oficial



subscrever feeds


Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2012
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2011
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2010
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2009
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2008
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D


Mise en Scène - Elementar, meu caro Watson!

por Catarina d´Oliveira, em 19.05.09

Se o elenco (leia-se Robert Downey Jr, Jude Law, Rachel McAdams e Mark Strong) não chegar para vos aguçar o apetite, acredito que o simples nome do filme cujo trailer apresento a seguir chegará para vos electrizar a mente. Sherlock Holmes, o mais mítico e carismático detective de todos os tempos está a chegar! Ah! E se por algum acaso que não se me ocorre sequer... o nome não vos disse grande coisa, dêem uma hipótese ao trailer. É que vale mesmo, mesmo a pena! Adivinha-se um flick "divertidissimo", animado, com pitada de humor e muita acção (seja ela mental ou física ehe).  

Autoria e outros dados (tags, etc)

New Shots - De 18 a 24 de Maio

por Catarina d´Oliveira, em 18.05.09

 

Esta semana nos cinemas:

Autoria e outros dados (tags, etc)

Point-of-View Shot - V for Vendetta (2005)

por Catarina d´Oliveira, em 16.05.09

 

"Remember, remember the 5th of November. The gunpowder, treason, and plot. I know of no reason why the gunpowder treason should ever be forgot."

 

 

Num cenário Britânico futurista, uma figura mascarada conhecida apenas por V comete uma série de assassinatos e tenta unir uma população adormecida contra um estado totalitário numa explosiva e épica aventura até à Mudança.
Guy Fawkes é a inspiração deste homem sem cara mas com uma alma maior do que por vezes nos cabe absorver. O centro criminal Old Bailey é o primeiro alvo do “terrorista” que se revê depois quase que um discípulo de Fawkes e prometendo a explosão das Casas do Parlamento num grito desesperado para o reerguer de uma potência submergida na apatia e opressão.
No meio deste caos organizado, acaba por surgir um elemento inesperado mas, e em aboluto, essencial. Evey, uma jovem que trabalha numa estação de televisão britânica e que acaba por tornar-se o coração desta fenomenal fita.

 

V for Vendetta baseia-se num comic com o mesmo nome escrito por Alan Moore (autor de Watchmen, From Hell e The League of Extraordinary Gentlemen) em 1989. A realização coube ao estreante James McTeague e o argumento foi re-escrito pelos irmãos Wachowski (famosos pela realização da trilogia de The Matrix).  
É importante referir os Wachowski pelas conotações importantes e gritantes que inseriram numa história já de si tão “escandalosa” e crítica. V for Vendetta o filme consegue ser ainda mais atiçado contemplando, por exemplo, a religião como simples máscara para um desejo de poder e controle sem escrúpulos.
V for Vendetta é uma viagem arriscada porém corajosa. As sequências de acção incrivelmente bem conseguidas( pairando entre movimentos rápidos, iluminações apenas parciais e cores escuras) não têm medo de parar bruscamente para um momento de reflexão e debate filosófico.
Mas se o conceito, ou melhor, os conceitos, já que os ataques partem em diversas direcções atingindo alvos distintos, são já de si fascinantes e altamente desafiadores, ainda mais interessante é a carismática personagem que seguimos neste Big Bang da liberdade, V.
Um homem incrivelmente paradoxal. Um homem que, por trás de uma máscara esconde expressões que o seu corpo e voz acabam por exteriorizar ainda mais poeticamente. Um terrorista. Mas um terrorista que não aterroriza as pessoas. O seu objectivo é nobre; acordá-las e fazê-las ver que o poder está realmente nas suas mãos. Estamos com ele ou contra ele?

 

Hugo Weaving é espectacular. Sem qualquer possibilidade de expressão facial, consegue ser um homem absolutamente apaixonante e inacreditavelmente poderoso. A voz auxiliada apenas por um discurso eloquente e, no mínimo, merecedor de honras gregas, é a sua maior arma.
Do outro lado temos, como também já referi, o coração do filme na Evey de Natalie Portman. O sotaque britânico tem os seus altos e baixos, mas a potência da personagem é continuamente crescente e fascinante. V refere-se a si mesmo como uma ideia, e nós mesmos pensamo-lo assim. Evey é a parte humana da história, uma pessoa como nós encurralada nos cânticos de rebelião de uma força imparável. Desde Léon the Professional passando pelo surpreendente Garden State e pelo fabuloso Closer, Portman prova aqui e uma vez mais que é uma das GRANDES da sua geração.
 
V for Vendetta não é um produto de massas, e mesmo dentro do mais restrito grupo que o possa eventualmente apreciar, haverão muitos que o olharão de soslaio e mesmo com desagrado. Um filme sobre um terrorista que luta pelos outros? De que lado é suposto estarmos afinal? Do lado de um regime de ditadura? Ou do lado de um rebelde? Estas e outras questões vêm ao de cima mas não são nunca respondidas num filme intelectualmente perturbador, inquietante e proibido. Não somos arrastados pelas ideologias de V, nem somos obrigados a considerá-las certas; somos apenas desafiados a pensá-las e a reconhecê-las.
Rebelde e perigoso, não deve ser visto como modelo de conduta mas um lembrete para o poder que o medo pode acabar por dar a determinados indivíduos.

 

O enredo peca algumas vezes pela densidade excessiva, ou mesmo pela salada russa de ideias e críticas que nos serve, por vezes freneticamente. Mas V for Vendetta foi uma experiência marcante. Um conto sobre o grito de liberdade, um grito de esperança e um grito de verdade.
Li algures que os políticos mentem para esconder a verdade e que os artistas dizem mentiras para a revelar. Pois bem, V for Vendetta é uma mentira bem desenhada e provocadora, um trabalho de ficção escrito para espalhar verdades. Verdades que não são felizes ou reconfortantes. Verdades que nem sempre queremos ver. Verdades que preferimos mascarar com mentiras.

8/10

Autoria e outros dados (tags, etc)

Mise en Scène - The Road e Nine

por Catarina d´Oliveira, em 15.05.09

Hoje foi um daqueles dias que, se não valia a pena acordar por mais nada, ao menos para ver trailers novos valia de certeza! Hoje a leva não é das grandes, mas como se costuma dizer são "poucos mas bons"!

 

The Road teve imensos problemas com adiamentos em 2008 que depois passaram para inícios de 2009 e que depois passaram para o último trimestre deste ano (em princípio será Outubro lápelos States). Baseia-se no livro do mesmo nome de Cormac McCarthy e a história é a de uma jornada de um homem e o filho num cenário pós-apocalíptico que têm de fazer TUDO para sobreviver.

 

Viggo Mortensen tem vindo a crescer exponencialmente na carreira e só lhe esperamos mais uma interpretação digna de todos os elogios. Pelo trailer, a vontade que tinha de ver o filme quando li pela primeira vez o enredo ganhou vida (depois de tantos atrasos e precalços com a data da estreia)!

 

 

O segundo trailer vem na sequência de um vídeo um bocado rascoso mas que já dava para ver qualquer coisa que postei ontem: Nine. Bebendo um pouco o que referi, as remeniscências de Chicago são óbvias, mas isso não é de todo mau se houver inovação. Hugh Jackman abriu as portas na cerimónia dos Oscars, "the musical is back!". Espero bem que sim!

Autoria e outros dados (tags, etc)

Mise en Scène - Primeiras imagens de Nine

por Catarina d´Oliveira, em 14.05.09

Já lá vão quase sete anos desde que Rob Marshall trouxe um dos mais fascinantes musicais do tempo moderno aos cinemas. Chicago, protagonizado pelo brilhante trio Catherine Zeta-Jones, Renée Zellweger e Richard Gere foi um sucesso e vencedor de seis Oscars.

 

2009 é o ano do regresso ao musical, desta vez com Nine.

Daniel Day-Lewis é o "homem da casa" numa absoluta chuva de estrelas que conta ainda com Marion Cotillard, Penelope Cruz, Judi Dench, Nicole Kidman, Kate Hudson, Sophia Loren e Fergie.

 

As primeiras imagens foram ontem para o ar no Entertainment Tonight e pelo que podemos ver para já...lembram muito o estilo de Chicago. Resta saber se a inovação e originalidade também tiveram direito a um papel principal... se sim, estamos perante algo muito, muito bom.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Mise en Scène - Absolutamente a ver!!

por Catarina d´Oliveira, em 13.05.09

Depois de algumas "inspirações" célebres ds quais se contam títulos como Snakes on a Train, The Da Vinci Treasure, Death Racers, The Terminators, When a Killer Calls, Hillside Cannibals, King of the Lost World, The Day Earth Stopped, Pirates of Treasure Island Transmorphers 2: Fall of Man (que vem a caminho), está a chegar às prateleiras do mundo... Mega Shark vs Giant Octupus

 

Mais literal não podia ser... na costa Californiana, o terror é espalhado por dois monstros pré-históricos que lutam pelo domínio dos mares.

 

 

Upa upa! É ou não é muito catita? Ehe!

Autoria e outros dados (tags, etc)

Snorricam - Quanto custa 1 segundo?

por Catarina d´Oliveira, em 11.05.09

 

Depois de ver este quadro acho que vou começar a levar uns palitos para por nos olhos cada vez que vir um filme.

 

Hoje quando estava a navegar pela net dei de caras com um quadro que mostra o custo médio (e também a receita média) por segundo de alguns dos maiores blockbusters já feitos... valha-me deus.

 

Se pestanejarmos umas 15 vezes por minuto, durante cerca de duas horas (duração média de um filme)...tentem imaginar bem os milhares e milhares de dólares que acabámos de perder enquanto lubrificávamos a superfície ocular...

 

(clicar para aumentar)

 

(*) Não tinha ideia que Lord of the Rings estivesse entre os mais baratinhos...interessante.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Mise en Scène - The Princess and the Frog

por Catarina d´Oliveira, em 10.05.09

Se bem me lembro, desde The Home on the Range, lançado em 2004, que não temos um clássico à Disney.

 

Bom, é claro que temos tido clássicos e a Disney tem tido um papel importante em alguns deles, mas o que quero dizer é que há muito que já não temos um filme ao estilo da nossa infância, produzido tradicionalmente sem as "mariquices" 3D. Agora sim, posso dizer que percebo os velhotes que se apegam às suas geringonças fora de uso... perfiro mil vezes os "meus" desenhos à dominância presente do 3D que, apesar de reconhecer muita mas muita qualidade, simplesmente não me toca da mesma forma.

 

The Princess and the Frog marca o regresso da Disney à forma clássica e uma reinvenção da história da princesa que beija um "príncipe Sapo". Fiquem com o primeiro trailer.

 

 

A apresentação inicial mostrando alguns dos pesos pesados Disney deixou-me completamente nas nuvens. Que saudade. Não desfazendo o resto do trailer, foi sem dúvida a minha parte favorita.

 

É sem dúvida um filme a ver, mais que não seja pelo regresso à Disney que "conheço".

Infelizmente ainda o filme não foi lançado e já andamos aos tiros com questões racistas e homofobicas...é realmente um mundo triste...

Autoria e outros dados (tags, etc)

New Shots - 11 a 17 de Maio

por Catarina d´Oliveira, em 10.05.09

 

Esta semana nos cinemas:

Autoria e outros dados (tags, etc)

Mise en Scène - Rebobinando a semana...

por Catarina d´Oliveira, em 09.05.09

Como já tive a oportunidade de referir, o Close-Up vai andar em camera lenta pelo próximo mês e meio. Durante a semana mal arranjo tempo para respirar e o fim de semana infelizmente também tem de ser dedicado ao estudo... mas há sempre umas nesgas de luz no túnel ehe!

 

Bom hoje trago-vos uma tralha das antigas...trailers, posters, clips e afins!

 

Comecemos com um animado clip de Ice Age 3 que nos mostra o grande Sid no seu importantíssimo papel de....mãe.

 

 

Ainda no tempo dos dinaussauros temos Land of the Lost, protagonizado por Will Ferrell, um cientista retirado é sugado para uma realidade muito muito passada.

 

Dinossauros... grandes...grandes mostrengos... Transformers 2! Aí está mais um trailer da saga dos robôs que se transformam em carros e cisas do género e cujo primeiro filme....ainda não vi ehe!

 

Depois de robôs com vida... aliens! Desta vez temos District 9 que demonstra como seria se um grupo de extraterrestres se refugiasse na África do Sul.

 

Terminator Slavation continua a saga que todos conhecemos e que nos acompanhou nos tempos de infância (ainda que não fosse totalmente apropriado à nossa idade, falando por mim ehe). Fica um trailer alargado!

 

E por fim...e para manter um bocadinho a coerência... voltamos ao tempo dos Homens das Cavernas com Jack Black e Michael Cera que são banidos da sua tribo e assim iniciam uma épica jornada pelo mundo! Ah...o filme é Year One.

 

Para terminar, deixo-vos com os posters de personagens de Inglorious Basterds de Quentin Tarantino, e o poster final de Transformers 2.

 

  

  

Autoria e outros dados (tags, etc)




Mais sobre mim

foto do autor



Calendário

Maio 2009

D S T Q Q S S
12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31

Action Props Jogos
Awards Season Época de Prémios
Deep Focus Artigos
Flashback Regresso ao Passado
Flashforward Notícias e Projectos
Freeze Frame Shot Imagens
Master Shot Listas e Tops
Mise en Scène Trailers e Posters
New Shots Estreias
Outtake Fora da Sétima Arte
Point-of-View Shot Críticas
Pull Back Shot Um olhar sobre o passado das Estrelas
Smash Cut Citações
Snorricam Extras
Widescreen Cenas Icónicas

. Blog Oficial


Membro do Círculo de Críticos Online Portugueses

. Blog Oficial



subscrever feeds


Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2012
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2011
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2010
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2009
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2008
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D